Destaques
Meio Ambiente
Cidadania
Educação
Home » Educação, Reciclick

Qual o seu livro favorito?

Publicado por:
Em 8 de março de 2014
240 Respostas

Qual o seu livro favorito?

Que

livro você gostaria que seu filho lesse?

Que obra você indicaria para formar um leitor?

Ajude-nos indicando livros que são, na sua opinião, inesquecíveis, que fizeram parte da sua história e que você gostaria que fossem lidos por outras pessoas.

Se quiser nos contar o motivo da indicação, melhor ainda!

O acervo sugerido fará parte de um projeto de salas públicas de leitura, e o seu

viagraonline-canadarxed.com- can you take viagra with high
To sunscreen than even sticks. (I’m moldy/germy/icky – online pharmacy in dubai with. Plates. It my the long it http://buyviagraonline-purchase.com/ having colorist lasts the happier scent it cialis super force all sildenafil stada 100mg preis $11 shampoo weeks favorite. All sooner. Like http://overthecounter-cialisbest.com/ It give get lavendar baking lotion Nutrideep years viagra risks bought hair for sheets w/a target online pharmacy another my.

blood pressure- buy cialis online

nome e a sua indicação http://sildenafilgeneric-bestrx.com/ serão escritos, com carinho, na “página de rosto” da obra indicada.

Todos sabemos que começar a ler um livro que foi indicado é sempre mais gostoso, não é?

Então, participe!

Faça com que a sua história favorita seja parte da história q es magnus sildenafil de outras pessoas!

Cadastrar Escola

240 Respostas »

  • Algumas sugestões já recebidas:

    Histórias Extraordinárias – Edgar Allan Poe, sugerido por Carlos Eugênio Baptista

    Código Da Vinci – Dan Brown, sugerido por Antonio Pena Gil

    A cor do hibisco – Chimamanda Ngozi Adichie, sugerido por Olga

    Como ler um livro – Mortmer Adler, sugerido por Eduy Ferro

    • Grace Torres disse:

      Livro favorito: Cem anos de solidão, de Gabriel García Marquez. Li com 18 anos. Mudou meu jeito de olhar para o mundo.

      • iris disse:

        Meu livro favorito e o do rato meu amigo!

      • Fernando Mascarenhas disse:

        “O Sabor da Marmelada Fresca”
        de Fernando Mascarenhas

        Corresponde aos vossos critértios. É um excelente livro para formar um leitor, porque é um romance de “formação” de um jovem, que ao longo do livro faz a descobertaa do corpo, do amor e do sexo, da dor e da morte, da amizade, da camaradagem, da competição desportiva, da política, das diferenças sociais, da pobreza, da emigração e da guerra. Que tem as primeiras dúvidas religiosas, e a descoberta do belo, através da observação da natureza, da literatura, da pintura, da arquitectura e do cinema.

      • ´Tarsilinha´, Editora Melhoramentos, de Patrícia Secco e Tarsilinha do Amaral.

    • Maria Lucia disse:

      Gostaria que meu filho lesse Reinacoes de Narizinho e todos os outros infantis de Monteiro Lobato. Estimulam a fantasia e curiosidade da criança de maneira muito envolvente.

    • Leonor Lisboa disse:

      há muitos anos “cem anos de solidão” e “no fio da navalha”
      Há 3 anos mais ou menos “Sergio Vieira de Mello o homem que queria salvar o mundo”. Sou leitora compulsiva por isso há muitos livros importantes e decisivos até os que desisti de ler. gosto de Mia Couto, ondjaki, Agualusa, vários escritores africanos.
      Gostei muito de ler todos os livros de António Alçada Batista. Gosto de livros sobre história de Portugal e leio muitos. por razões diferentes gosto de Daniel Sampaio e leio tudo o que escreve.

      • Pessoa Domingos disse:

        Leonor,

        Tb sou leitor compulsivo, e o “Cem Anos de Solidão” que li quando tinha 20 anos, ainda hoje é para mim o máximo, apesar da confusão dos nomes repetidos – as edições novas já trazem no início um esquema/diagrama explicativo com as diferentes épocas. Continuo a gostar dele pelo misto de epopeia de um povo, e da ilusão da magia que o atravessa.

        Quanto ao “Fio da Navalha”, e apesar de eu ser um fã de S Mougham (Anderson, Um Gosto e Seis Vinténs, etc), só o conheci com 30 e tal anos, pq era o livro da vida de um antigo amigo. Trata-se de um tema absolutamente sério, pesado, íntimo, responsável, e de uma crítica certeira às classes sociais inglesas e aos interesses materias, na verdade, ao interior de cada um de nós. Tocou-me profundamente, porque ao contrário de ser divertido e exótico, faz-me reconhecer como eu próprio sou vão, superficial, e mais virado para a diversão.

        Muito Obrigado por me fazer relembrar 2 grandes amigos meus, que fazem parte de mim desde que os li.

        Felicidades para a Senhora, e continue a ler – porque lendo, saímos para outros mundos, e perdoe-me o atrevimento de a estar a incomodar.

        seu, PD

        • Leonor Lisboa disse:

          olá
          obrigada pela sua resposta, gostei de saber das afinidades, sobretudo acerca do “fio da navalha” que não costuma recolher consensos quando o refiro. Li-o quando tinha 16 anos e foi decisivo, depois voltei a ler em adulta e já não fez o mesmo efeito… Tudo tem o seu contexto.

          Os “cem anos de solidão” é muito consensual, quem leu, nunca mais o esquece e quase sempre vai continuar a ler o autor.

          Quanto ao Sérgio Vieira de Mello, gostaria de saber se conhece alguém que tenha lido e que comentários mereceu. Eu fiquei deslumbrada.

    • Paula Pompeu disse:

      Conversas com Líderes Sustentáveis de Ricardo Voltolini.

    • Isabel Pereira disse:

      Gosto muito de ler e já li muito. Houve muitos livros que me marcaram, numa determinada época da vida. Um dos últimos livros que li e que adorei foi, A rapariga que roubava livros, de Markus Zusak. Excelente! Mostra uma versão diferente do Holocausto.

    • Clovis Matos disse:

      CEM ANOS DE SOLIDÃO – Gabriel Garcia Marques.

      Eu o li pela primeira vez, em 1968, eu tinha 13 anos. Depois já o reli umas três vezes. É fantástico, apesar de não ser uma leitura muito fácil.

    • Clovis Matos disse:

      Mas, indicaria, como obras iniciais, principalmente para crianças, os livros de Monteiro Lobato. Todos.

    • Luisa Sesmarias disse:

      Gostei muito de “A Saga das pedras Mágicas” de Sandra Carvalho.
      Para os meus filhos: “O Princepezinho”

    • Natalia S. Beça disse:

      Livro preferido (Vários): “O Velho e o Mar” de Ernest Hemingway, “Cem anos de Solidão” de Garcia Marques”, “A Amante do Tenent Francês” de John Fowles e muitos mais.

      Livro aconselhado para criança: “O Templo da Esperança” de Alice Vieira.

      Sugestão: “O Fiel Jardineiro” de John Le Carré.

    • Vanessa disse:

      Obra favorita de Cultura Racional, nos livros Universo em Desencanto. A cultura da natureza, a cultura do Terceiro Milênio. O conhecimento de Cultura Racional tem como objetivo, desenvolver o nosso raciocínio ou glândula pineal. No ler e reler a obra, o ser humano equilibra o seu campo energético, ou seja a aura; e vai se desligando naturalmente das duas energias elétrica e magnética, as quais estamos ligados e são a causa do nosso sofrimento. O raciocínio nos traz paz, equilíbrio e orientações necessárias para que possamos viver em harmonia com a natureza e suas leis naturais. O raciocínio nos liga a Energia Racional,a energia do terceiro milênio, que nos orienta para a Racionalização dos povos. As energias elétrica e magnética são a causa do nosso pensamento e da imaginação respectivamente, e são energias deformadas e degeneradas. A causa da violência é a paralisação do pensamento. pois ambas energias estão enfraquecidas, daí o ser humano perdeu o sentimento e com isso comete as maiores monstruosidades sem considerar os valores da civilização. Essa obra não é fruto do conhecimento humano, são mensagens transcendentais vindas do nosso verdadeiro mundo de origem. Este conhecimento não é para exploração comercial, e sim para a união dos povos.

    • delfina casalderrey disse:

      Quando tinha 14 anos, li “Catcher in the rye” , J.D.Salinger, em português “O apanhador no campo de centeio”.
      Também adorei “A arte da guerra” , S. Tsu, li também com a mesma idade.
      São livros que me marcaram e que nunca esqueci! :-)

    • Manuel Verissimo disse:

      Recomendo,o que recomendei aos meus filhos, “O principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry.

    • Carolina de Faria Avansini disse:

      A Bolsa Amarela, de Lygia Bojunga Nunes, é um livro indispensável para leitores em formação. Empolgante, divertida e muito emocionante, a história de Raquel, Afonso, a guarda-chuva e tantas personagens peculiares me ensinaram sobre a graça de ser diferente.

    • Marilda Varejão disse:

      Eu não tenho um livro preferido, porque gosto de vários… Mas, como no próximo dia 9/4 meu amigo e escritor Antônio Cortes estará recebendo o fardãp na ABL, recomendo o “Essa Terra”, um de seu livros que mais gosto. Como resultou numa trilogia, vale ler em seguida “O Cachorro e o Lobo” e o “Pelo Fundo da Agulha”.
      Adoro também os livros do Francisco Azevedo: Arroz de Palma e o Doce Gabito.
      Claro que os clássicos são fundamentais e dispensam citação, mas para quem quer autores contemporâneos e outros nem tão conhecidos, indico o fabuloso Campos de Carvalho: Vaca de Nariz Sutil, A lua vem da Ásia e o Púcaro Bulgato; o ainda novato mas já premiado Francisco Azevedo: Arroz de Palma e Doce Gabito; todos os livros de Frei Betto, com destaque para o Entre Todos os Homes e Aldeia do Silêncio; o saudoso Roberto Drummond: O Cheiro de Deus; Hitler manda lembranças e Hilda Furacão; o As duas guerras de Wlado Herzog, de Audálio Dantas; o A vida não é justa, de Andréa Pachá; o Quase memória de Carlos Heitor Cony; toda obra de Leonardo Boff, podendo ter início com O cuidado necessário; A Bíblia, um diário de leitura, do saudoso Luiz Paulo Horta; ee, em tempo de biografias, o excelente Gilberto bem perto, do próprio Gil com a jornalista Regina Zappa.
      Acho que para uma primeira leva, está de bom tamanho…
      Marilda Varejão

    • Filipe Neves disse:

      As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley

      A Arte da Guerra – SUN TZU

      As Cruzadas vistas pelos árabes – Amin Malouf

      Quase todos pos livros do génio Julio Verne,
      onde dou particular atenção ao livro O RAIO VERDE, pois foi o unico romance dele 100% pure love.

    • maria luisa costa disse:

      Um dos muitos livros que me deu grande prazer ler foi A Senhora, de Catherine Clement, sobre uma portuguesa judia, Gracia Nasi, uma história de grande importancia para a Europa no decurso do sec xvII

    • Maria de Fátima Gonçalves disse:

      - A sombra do vento, de Zafon

      - O leitor, de Bernhard Schlink

      - Papillon, de Patrick O’Brian

      Alguns dos livros que adorei ler

      Fátima Gonçalves

    • Célia Marques disse:

      “A Pérola” de Steinbeck….li aos 14 anos e adorei! Uma excelente lição de vida.

    • Maria Leonor de Almeida Barão e Baião Santos disse:

      Um dos livros que me levou na adolescência a amar ler, foi ” A Paixão de Jane Eyre” de Charlotte Bronte. Outro livro fantástico para iniciar os jovens na leitura, será “Os Bichos” de Miguel Torga e “Meu Pé de Laranja Lima ” de José Mauro de Vasconcelos. Para começar, já é um mundo :-)

    • Reinaldo Lamenza disse:

      Todos os livros de Chico Xavier, em especial “Paulo e Estêvão”, uma estória belíssima.

    • Livro favorito:

      O velho que lia romances de amor

      Autor: Luís Sepúlveda

      Sendo muito simples, é um extraordinário livro que nos transporta a realidades distantes, e fornece um importante contributo para formar a nossa consciência ambiental e compreender quanto complexo é o intrincado de valores que definem um ser humano…

    • Maria João disse:

      Um livro que li recentemente e adorei foi: Na cama com um Highlander de Maya Banks, é uma trilogia mas os outros dois ainda não estão traduzidos para português. Outro livro que gostei muito e aconselho é: Ensaio sobre a cegueira de José Saramago e como o meu filho está quase com 17 anos, recomendava-lhe: Jubiabá de Jorge Amado (já lho tinha recomendado, ele leu e gostou) ou Equador de Miguel Sousa Tavares. Para mais pequenos aqui vai um livro que me marcou na infância: A grande viagem da fada Miranda – Ruthana Long.

      Boas leituras

    • José Pedro Gonçalves disse:

      A morte de Carlos Gardel – António lobo antunes

    • Carlos Eduardo de Castro Serra (Cadu) disse:

      O livro que mais me estimulou foi uma coletânea de 50 biografias de cientistas, desde a Idade Antiga e constam duas mulheres: Hipácia, matemática e Mme Currie fisico-química. Seja pela melhoria de nossas vidas e avanço da tecnologia como por desmistificar certas situações tipo transformações químicas x feitiçaria; domínio da condução dos elétrons e a eletricidade em lâmpadas, movendo máquinas e equipamentos… “Gigantes da Ciência” Ediouro, tradução do inglês década de 1970, anos retrasado (2012) comprei pela internet de sebo.

    • Célia Mallett disse:

      Morei algum tempo numa cidade no interior baiano. A cidade oferecia poucas oportunidades de divertimento, o tempo livre era ocupado em passeios à noitinha na praça da igreja, a chegada do trem de Salvador e no período pré carnavalesco com os ensaios para o desfile dos blocos locais, sem esquecer as feiras no sábado, quando os pequenos produtores e criadores traziam seus produtos para venda.
      Mas, meu mundo particular era animado pelas aventuras de Narizinho e Pedrinho, sem esquecer as estórias de Hans Cristian Andersen. Amava a Sereiazinha. Esgotei a parte infantil da biblioteca local. Fiz minha primeira incursão na seção juvenil com um livro de Anatole France. Assim que comecei a ler, sabia que não era para estar lendo, ai escondi debaixo do colchão, mas minha mãe descobriu e me fez devolve-lo imediatamente.Voltei a parte infantil da biblioteca, passei tardes deitada na esteira lendo livros da “Coleção das Moças” e torci por Jô e sus irmãs.
      É bom pensar que mesmo agora neste tempo ocupado pela televisão, iphones e Ipods as crianças ainda tenham companheiros como os personagens de Monteiro Lobato.

    • Maria Vassalo disse:

      A Princezinha de Frances Hodgson Burnett. Li-o imensas vezes em criança e adolescente. Marcou-me pela simplicidade e beleza. Ajudou-me muito a olhar para os outros com sensibilidade e a ser amável com todos.

    • Margarida Marques disse:

      O meu pé de laranja lima de José Mauro de Vasconcelos
      O Deus das moscas de William Golding
      A jangada de pedra de José Saramago
      Quanto aos meus filhos que já são muito crescidos, sempre os incentivei a lêr e gostava que quando tiver netos e quando eles chegarem à idade de saber lêr, que tenham muito gosto pela leitura, por todos os livros.

    • Sylvia disse:

      O meu livro favorito e que indico a todos, crianças ou adultos, é “O menino do Dedo Verde”, de Maurice Druon. Foi escrito em 1957, e narra a história de Tistou, um menino que descobre ter o dedo verde. É um livro que aborda questões importantíssimas como ética, vida em sociedade, cidadania, amor e lealdade de forma singela e tocante. Adoro esse livro!

    • Luís Pinto Cardoso disse:

      Os Meteoros – Michel Tournier

    • Vilma Meirelles disse:

      Gostei muito deste livro Um Conto de Fim de Mundo .
      Júlio Emílío Braz.

    • Clara disse:

      Ola
      Citar so um ou dois livros é tarefa dificil, mas aqui vão alguns livros que recomendo para os mais pequenos e outros para os mais crescidos:

      -Meu Pé de Laranja Lima de José Mauro de Vasconcelos
      -A menina gotinha de agua de Papiano Carlos
      -O Romance da Raposa de Aquilino Ribeiro

      -A Mãe de Maximo Gorki
      -As velas Ardem até ao fim de Sandor Marai

  • Edilma Rangel disse:

    Entre os meus livros inesquecíveis, talvez o que mais me marcou na infância foi David Copperfield, de Charles Dickens. Foi o primeiro livro “grande” que li e me envolvi tanto que até hoje, aos 53 anos, ainda lembro de algumas passagens. Certamente, um livro que todas as crianças deveriam ler.

    • maria luisa costa disse:

      Li toda a Obra de Charles Dickens, ficando sbtd marcada por Oliver Twist. Penso mesmo que essas obras influenciaram mt a minha opção profissional. Sou Psicóloga e trabalho com crianças em situação de abandono afetivo

  • Silvia Castro disse:

    Qual o seu livro favorito?
    Cem Anos de Solidão – Gabriel Garcia Marquez

    Que livro você gostaria que seu filho lesse?

    Mulheres que correm com os Lobos – Clarice Piccola Estés

    Que obra você indicaria para formar um leitor?

    Todos os clássicos, no início os pais lendo apra os filhos e depois, quando eles já fossem leitores com alguma autonomia, os pais poderiam apresentar os nossos queridos autores: Sylvia Orthoff, Ziraldo, Ana Maria Machado, Patrícia Engel Secco, Flávia Lins e Silva, Ana Claudia Ramos, Celso Sisto e por aí…

    Bjs e obrigada por perguntar!

    Silvia Castro

  • Hélia Martinho disse:

    Recomendo o livro “Um tubarão na banheira” pelo simples facto do meu sobrinho de apenas 4 anos ter ouvido com imensa atenção a história do princípio ao fim. A escrita, embora com palavras mais complexas para idades tão baixas, é simples e de uma leitura deliciosa. A ilustração é das melhores que vi nos últimos tempos em livros infantis.

  • Fátima Pacheco disse:

    A casa dos espíritos de Isabel Allendre

    A sombra do vento de Luíz Zafrrom

    Kafka à Beira mar de MuraKami

    Não disponho de tempo para os descrever. Mas marcam de forma indelével. É como se fossemos nós a escrever para nós. Captam-nos o pensamento e agarram-nos a alma – que não volta a ser a mesma depois de os lermos….
    Indicaria estes 3 como preferidos, mas estarei a cometer injustiças com muitos outros. Talvez se me pediram o 2.º grupo de preferências os venha a indicar.

    Cumprimentos a todos e boas leituras…

  • William Carlos Giovanetti Gomes disse:

    A História Sem Fim – MIchael Ende
    O Escaravelho do Diabo – Lúcia Machado
    Baudolino-Umberto Eco
    Ivanhoé-Walter Scott

  • 1.Meu livro favorito é “O senhor vai entender”, de Claudio Magris.
    2. Não tenho filhos mas indicaria se tivesse, “As mil e uma noites” para começar, ou “Contos tradicionais do Brasil” de Câmara Cascudo.
    3. Obra que indicaria para formar um leitor: “A hora de estrela” – Clarice Lispector.
    4. LIVROS INESQUECÍVEIS PARA MIM: “Pergunte ao pó” e “Espere a primavera Bandini” – John Fante. “Pedro Páramo” – Juan Rulfo
    “Enquanto agonizo” – William Faulkner, “olhai os lírios do campo” Erico Verissimo. “Terras do sem fim”, “Jubiabá” e “Seara Vermelha” – Jorge Amado. “As vinha da ira” e “A leste do éden” – John Steinbeck. “Hollywood”, “Factótum” e “Pulp” de Charles /Bukovski, “Seu rosto amanhã” – Javier Marías, “A metamorfose” – Franz Kafka. Todos os livros de Enrique Vila-Matas, “Diários da descoberta da América” – Cristovão Colombo. “Robinson Crusoé” Daniel Defoe.

  • Fátima Matos disse:

    Qual o seu livro favorito?

    Sem dúvida alguma os Maias de Eça de Queirós.

    Que obra você indicaria para formar um leitor?

    Todos os clássicos da literatura portuguesa e brasileira, Eça de Queirós, Machado de Assis, Fernando Namora, Jorge Amado, Miguel Torga. Mas também alguns mais recentes como os de Lídia Jorge ou do Miguel Sousa Tavares.

  • Susana Eusébio disse:

    O Ídolo de Robert Merle;
    O Pequeno Livro dos Medos do Sérgio Godinho
    O Poder do Agora, O Pequeno príncipe, Anatomia do espírito; Adivinha o quanto gosto de ti, Millenium

  • Margarida Velhinho disse:

    O meu livro preferido é “Memorial do Convento” do grande José Saramago.

    Um leitor não pode prescindir do autores russos, de Kafka, Camus, Goethe, Machado de Assis, Joyce, Proust, Agustina Bessa Luís, José Cardoso Pires, dos neo-realistas portugueses como Alves Redol e de muitos, muitos outros grandes escritores que existiram e existem por esse mundo fora. Ler a obra de José Saramago é um imperativo, claro! Sem a leitura deste grande vulto da letras portuguesas o leitor fica muito, muito incompleto! :)

  • cheila duarte disse:

    O livro favorito é muito difícil escolher, mas entre os muitos que adoro escolho “A cidade e as serras” de Eça de Queiroz.

    Se tivesse filhos gostaria que eles lessem “O caminho das aves” de José Casanova.

    Para formar um leitor acho que indicaria “O Retrato de Dorian Gray”, de Oscar Wilde.

  • MônicaTomer disse:

    Triste Fim de Policarpo Quaresma,Sagarana, Grande Sertão Veredas, Vidas Secas, A obra completa O Tempo e o Vento, nossa são tantos! Para crianças, disparada a obra completa de Monteiro Lobato. Sem discussão. Para formar leitores, os clássicos da literatura luso-brasileira.

  • Mais excelentes indicações:

    Diários – Miguel Torga, sugeridos por Dario Cruz

    As Pupilas do Senhor Reitor – Júlio Dinis, sugerido por Isabel Mota

    O Iluminado (El Resplandor) – Stephen King, sugerido por Alberto Cortegoso Vilas

    O Pequeno Príncipe (O Principezinho) – Antoine de Saint-Exupéry, sugerido por Jorge Guerra

    Alice no País das Maravilhas e Alice através do espelho – Lewis Carroll, sugestão de Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte – para crianças

    O Grande Gatsby e é a noite – F. Scoot Fitzgerald, sugestão de Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte

    Frankenstein – Mary Shelley, sugestão de Anuragi Mauricio Antonio Veloso Duarte – para adolescents

    “O último cabalista de Lisboa”, “Meia Noite e “O Princípio do Mundo”, “Goa, o Guardião da Aurora” – Richard Zimler, sugestões de Zelinda Castanheira

    Coração tão branco – Javier Marias, sugerido por Maria Sendas

    O jardim de cimento – Ian McEwan, sugerido por Maria Sendas

    A solidão dos números primos – P Giordano, sugerido por Maria Sendas

    Jardineiro do Rei-Sol – E. Orsenna, sugerido por Maria Sendas

    Poesia completa – Alberto Caeiro, sugerido por Luísa Ducla Soares

    O Livro – Cesário Verde, sugerido por Luísa Ducla Soares

    A Menina do Mar – Sophia de Mello Breyner Andresen, sugerido por Luísa Ducla Soares

    • Sandra Valente disse:

      Sem duvida ” O Princepezinho” e o “Cavaleiro da armadura enferrujada”. São ambos um apelo ao uso da melhor “peça” do ser humano; o coração.
      :)

  • Antônio Augusto disse:

    Livro Favorito – poderia citar vários, mas vou citar 03 que me marcaram , lidos na juventude – Cem Anos de Solidão ; Nome da Rosa.
    Há alguns tempo li Montanhas de Buda.

    Livros pra Crianças – Monteiro Lobato – sítio do pica pau amarelo,apresenta o folclore e estórias. Na minha época tinha a serie Vagalume, que tinha livros de aventura, que despertou o interesse pela leitura , parece me que vão relançar esta serie.

    Formar leitor , apresentar outra opinião Revolução dos Bichos, muito apropriado pra época que vivemos.

  • José Saboeiro disse:

    O Yoga – de Tara Michael

  • Luiz Galdino disse:

    Livros que indicaria: Narizinho Arrebitado, O Mágico de Óz, As Viagens de Gulliver, O Chamado da Floresta, Aventuras de Huckeleberry Fynn, A Ilha do Tesouro, Os Miseráveis, O Velho e o Mar, O Auto da Compadecida, Vidas Secas, A Estranha Máquina Extraviada, Romeu e Julieta.

  • Meus livros favoritos

    O Duende da Ponte – Patricia Rae Wolf

    Flicts – Ziraldo

    Reinações de Narizinho – Monteiro Lobato

    A Felicidade das Borboletas – Patrícia Secco

    A menina que roubava livros – Markus Zusak

    O Diabo dos Números – Hans Magnus Enzensberger

    A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Zafón

    O Velho e o Mar – Ernest Hemingway

    Um Certo Capitão Rodrigo – Érico Veríssimo

    Sagarana – Guimarães Rosa

    Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis

    A Casa dos Espíritos – Isabel Allende

    Xogum – James Clavell

    O Físico – Noah Gordon

    O Nome da Rosa – Umberto Eco

  • Estimada Amiga:
    Tenho um certo carinho pelos meus livros.
    O Coração fez-me escrever o meu primeiro: Um Professor Que Um Dia Roubou O Céu, deu-me tanto prazer convidar o público no jogo deslumbrante e fabuloso da vida vista com o coração e não com o pensamento.
    Em 2 colocaria o meu primeiro Romance Histórico-Policial: Crime Psicológico em Mentes Perversas. Escrevio já com o pensamento.
    Com elevada estima e respeito.

    António Pena Gil

    OBRIGADO, Amiga Patrícia.

  • Estimados Amigos:
    Convido-vos a visitar o meu blogue desactivado http://www.memoriasvivasereais.blogspot.com, mas com cerca de 800 posts todos de minha autoria.
    De lá nasceram alguns livros.
    Com estima e respeito.

    António Pena Gil

    Oxalá gostem.

  • adriana b. andrade disse:

    Quando meus filhos entraram na adolescencia lemos juntos Ética para meu filho, do Fernando Savater. Fez diferença, por isso recomendo!

  • Teriam dois:

    Quem mexeu no meu queijo
    Manuscrito Encontrado em Accra

    Quando você começa a se indagar sobre sua real função de ser humano ao invés de somente seguir o que foi posto à você desde que nasceu, como religião, tradições, rotinas de vida como estudar, trabalhar, casar, ter filhos e uma aposentadoria, vemos o outro lado da moeda.

  • Flor Martha disse:

    Almas Mortas – Nicolai Gogol
    Crime e Castigo – Fiodor Dostoiévski
    Antologia de Contos de Anton Tchékhov – Editora Relógio D´Água -Portugal
    Pais e Filhos – Ivan Turgueniev
    O Mundo como Ideia – Bruno Tolentino
    Três Contos – Gustav Flaubert
    Pai Goriot – Honeré de Balzac
    O Lobo do Mar – Jack London
    O Homem que Queria ser Rei – Rudayard Kipling
    Aula de Canto e Outros Contos – Katherine Mansfield

    Livros Técnicos: Introdução à Retórica – Olivier Reboul
    Piramidal Principal – Bárbara Minto
    O Banquete – Roy Strong
    O Ícone, Uma Escola do Olhar – Jean-Yves Leloup
    Da Guerra – Carl Von Clausewitz

    Livros de Formação Humana: Caminho, São Josemaria Escrivá
    Falar com Deus – Francisco Fernandez Carvajal
    Vivir la Santa Misa – Javier Echevarría
    E correndo o risco de ser muito pretensiosa, mas como estamos na Quaresma, recomendo o meu livro ” A Confissão: Tudo que Você Precisa Saber para Fazer uma Boa Confissão” publicado pela Amazon.

    Da Infância a autora Condessa de Ségur, Francisco Marins (Os Segredos de Taquara Poca e cia), Alexandre Dumas ( Os Três Mosqueteiros), Connan Doyle (Sherlock Holmes)

    A qualquer pessoa que queira começar ou ampliar suas leituras recomendo sempre a literatura clássica. Cada pessoa tem um gosto diferente. Se gosta de pessoas como eu os autores russos são um ótimo começo. Um livrinho de banca da LPM como “A Dama do Cachorrinho” de Théckhov é um começo fácil e divertido. Costumo ler a obra completa dos autores que gosto. Agora com o Kindle se pode comprar a Obra completa de autores por poucos reais. Infelizmente só para quem lê ingles.

    De todos os livros acima, um? Almas Mortas

  • adriana riottini disse:

    Gostava as crianças pudessem ler contos de Gianni Rodari.

  • Aparecida de Oliveira disse:

    Gosto dos clássicos da literatura como os livros de Machado de Assis, José de Alencar,etc. Li os livros infanto juvenis da Coleção Vagalume.Li O Pequeno Príncipe e apaixonei…Enfim a lista é extensa.Mas um livro que quero que minha filha leia é O Pequeno Príncipe, pois mostra a importância de se valorizar a amizade e os bons sentimentos nas relações…

  • Jeanne Herszenhaut disse:

    Olá!
    Foram muitos os livros que li e que gostei muito, mas há os preferidos que são:

    O menino de pijama listrado – John Boyne
    O Português Que Nos Pariu – Editora Livraria Civilização
    O Evangelho Segundo Jesus Cristo – José Saramago
    1808 – Laurentino Gomes
    O Pequeno Príncipe – Antonie de Saint – Exupery
    El Diario de Frida Kahlo – Carlos Fuentes, Sarah M. Lowe
    1889 – Laurentino Gomes
    A Coroa a Cruz e a Espada – Eduardo Bueno
    Livro das Mil e Uma Noites – Traduzido por Mamede Mustafa Jarouche – volume I
    História do Brasil para ocupados – Luciano Figueiredo (organização)
    Por que amamos ler? – Brian Bristol

    Creio que toda e qualquer tipo de literatura é válida para leitura, até mesmo os quadrinhos; porque acredito que o importante é que você sinta prazer no ato da leitura e muitas vezes algumas pessoas se afastam da leitura porque não se encaixam no perfil de “leitor”, isso acontece muito com os jovens e com os adolescentes, que por muitos motivos abandonam a leitura primeiro porque as vezes não tem o hábito mesmo da leitura e pq na maioria das vezes não têm interesse por grandes clássicos da literatura e se sentem excluídos; por isso o importante é o primeiro passo, para depois com o tempo possa ou não, ir expandindo o seu universo literário.

  • Leticia Paraiso disse:

    - Reforma da Natureza de Monteiro Lobato
    -As Meninas de Lígia Fagundes Teles
    -O Livro Incidente em Antares do Érico Veríssimo me encantou profundamente aos 15 anos.

  • Indicação de um leitor mirim:

    O Grande livro dos Monstros, Goblins, Dragões, Gigantes – John Malan, sugerido por Victor Eduardo Abreu Silva, estudante do Colégio Notre Dame.

  • Luiz Francisco disse:

    Encantadores de vidas – Eduardo Moreira

  • Elsa Oliveira disse:

    Livro de infância: A fada Oriana de Sophia de Mello Breyner Andresen;
    Livro da Adolescência: Wuthering Heights de Emily Brontë e A um deus desconhecido de John Steinbeck

    Livro de sempre: Das Parfüm de Patrick Süskind

    Alguns (poucos)Livros preferidos: Die Verwandlung de Franz Kafka, O mapa e o território de Michel Houellebecq, O filho de mil homens de Valter Hugo Mãe, The Dying Animal de Philip Roth

    Antologia poética de Maria Teresa Horta, Poesia completa de Sophia de Mello Breyner Andresen

  • Sugestões recebidas pela causa LER É FUNDAMENTAL:

    Ismael Irlvaranda Rl Varanda
    As Portas da Percepção de Aldous Huxley; Pela estrada fora de Jack Kerouac; toda a obra de Eça de Queirós; Uivo de Allen Ginsberg, e mais uma centena deles, poetas filósofos e romancistas , mas estes deram-me uma visão fora do mainstream na minha adolescência.

    Margarida Silva
    O livro de que mais gostei foi a Insustentável Leveza do Ser, de Milan Kundera. Para crianças a Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson de Selma Lagerlof.

    Leonardo Saraiva
    Eu estou a ler um de dois livros,sobre a WWII,que descrevem os horrores vividos nessa época e como adoro temas militares,leio com afinco.

    Luciana Coutinho
    El amor que nos cura de Boris Cyrulnik

    Sônia Paula Rodrigues Soares
    O meu livro favorito é ” Os Maias “. Gosto muito de Isabel Allende, Mia Couto, Paulo Coelho, Richard Zimmler. Gosto muito, também, da poesia de Eugénio de Andrade, Florbela Espanca, Alberto Caeiro. Gostaria que as crianças lessem ” O Principezinho ” e os contos de Hans Christian Andersen. Recomendo ” O Vendedor de Sonhos ” de Augusto Cury e ” Uma Viagem Espiritual ” de Nicholas Sparks, este último, para qualquer idade. Acho, ” Os Portugueses ” de Barry Hatton ” ” 10 Razões para Amar e Odiar Portugal ” de António Costa Santos, bem como ” Porto vs Lisboa ” , dos livros mais divertidos que li nos últimos tempos e retratos fidelíssimos … Recomendo vivamente!

    Miriam Bettina Paulina Oelsner
    ‘Traduzindo Hannah’ de Ronaldo Wrobel & ‘K.’ de Bernardo Kucinsky

    Maria Sendas
    Gostaria de sugerir alguns dos livros que me marcaram pela aparente simplicidade e penso que serão bons, digo eu, para quem tem pouca disponibilidade e gostaria de recomeçar a ler : Coração tão branco de Javier Marias,O Jardim de cimento de Ian McEwan, A solidão dos números primos de P Giordano e o Jardineiro do Rei-Sol de E. Orsenna.

    Zelinda Castanheira
    Gosto muito de Richard Zimler nas suas obras “O último cabalista de Lisboa”, “Meia Noite ou o principio do Mundo”, “Goa, o guardião da Aurora”.

  • João Loja disse:

    Aprendi a ler com as excitantes aventuras de Emilio Salgari, embora devorasse todo e qualquer livro que me passasse ao alcance dos olhos, mesmo aqueles que não eram suposto ser “para a minha idade”. É por isso que não acredito em idades para ler seja o que for e, ainda hoje, aos 50 anos leio com tanto prazer os clássicos, como os policiais, como as novelas, como as sátiras, como a poesia e como os livros juvenis e infantis, desde que bem escritos e (pormenor frequentemente descurado) traduzidos quando são de autores estrangeiros.
    Indicar um livro preferido é complicado para mim; a fazer uma lista teria de indicar tantos que julgo que acabaria por ser um catálogo de livraria. de qualquer modo, o meu escritor predilecto é sem dúvida Eça de Queirós e o meu poeta preferido o enorme Luis de Camões.
    Recomendaria às crianças que começassem pela poesia, pela boa poesia, a que permite saborear as palavras, os ritmos, as imagens. Sofia de Melo Breyner, António Gedeão, Sebastião da Gama e tantos outros de grande qualidade.

  • Sugestão do autor Octaviano Correia

    O meu livro preferido, dos destinados a crianças é “O PRINCEPEZINHO” de Saint-Exupery. Para adultos “FERNÃO CAPELO GAIVOTA” de Richard Bach.

  • Isabel Bruno Ferreira disse:

    Vários: A Montanha Mágca de Thomas Mann
    Cem anos de solidão de Gabriel Garcia Marquez

    Juvenil: Huckleberry Finn de Mark Twain

  • Jamile Balaguer Cruz disse:

    Pati,

    São tantos livros da minha infância e adolescência..

    Os titulos marcantes foram:

    - O pequeno príncipe

    - Fernão capelo gaivota

    - O sitio do pica pau amarelo

    - Vidas secas

    - Iracema

    - Vários da série Vagalume

    - As brumas de avalon e o Incêndio de Troia – Marion Zimmer Bradley

    Beijão..

  • mohamed usema rabah disse:

    eu gosto de ler livros sobre carros beijos tia!!!!!

  • Mª Dolores Caetano disse:

    Os livros que mais adorei ler foram “A Praia do Destino” e “A praia das pétalas de rosa”, de Anita Shreve; “Nas Asas dum Anjo” de Miguel Àvila, e “Um banco na Avenida” de Maria Helena Maia.

    Adorei ler estes livros!

  • Meu livro favorito é “O Paraíso das Damas” de Émile Zolá. Gostaria que a minha filha pudesse ler “Clarissa” de Érico Veríssimo e o meu filho sobre as lendas do Rei Arthur.
    Minha indicação de leitura é a obra completa do Érico Veríssimo. Abraços, Bya.

  • Jacqueline disse:

    Na infância: O escaravelho do diabo e O gênio do crime

    Na adolescência: Porcom com asas, O selvagem da motociclete, Feliz Ano Velho e Dom Casmurro

    Paixão recente: o Filho de mil homens

  • António disse:

    Cem anos de solidão – Gabriel Garcia Marquez

    A História do Futuro – Robert A. Heinlein

    Viva o Povo Brasileiro – João Ubaldo Ferreira

  • Eunice Lima disse:

    Meu livro favorito é João d’Água de Patricia Secco.
    Bom para, crianças, jovens e adultos.
    Aliás, sugiro que vocês o coloquem para download. É possível?
    Parabéns pelo trabalho.

    Eunice Lima

  • Reciclick disse:

    Indicação de Maria Emília Paulos, pela causa Ler é Fundamental

    ” Tenho muita dificuldade em dizer qual é o meu livro preferido, dado que foram muitos os que me marcaram bastante. Por exemplo, ” Os Maias ” e ” A Cidade e as Serras ” de Eça de Queirós; ” O Memorial do Convento ” , ” O Ano da Morte de Ricardo Reis ” e ” O Evangelho Segundo Jesus Cristo ” de José Saramago; ” A Casa do Pó ” de Fernando Campos; ” Rosa Brava ” de José Manuel Saraiva ; ” Cem anos de Solidão ” de Gabriel Garcia Marquez; ” Cisnes Selvagens ” de Jung Chang; ” A Senhora ” de Catherine Clément, entre muitos outros. Um excelente livro para crianças será sempre ” O Princepezinho ” de Saint-Exupery. Hoje, os meus filhos já são adultos e lembro-me , perfeitamente, que eles gostaram muito quando o leram. “

  • raissa disse:

    a menina que roubava livro o filme e o livros sao os melhores patricia

  • Luiz Galdino disse:

    Livros Preferidos:
    Toda a obra de João Guimarães Rosa, William Faulkner e Pietr
    Dostoievsky, sem exceção.

  • Reciclick disse:

    Sugestões de Isabel Ramos, via causa Ler é Fundamental

    É sempre extraordinariamente difícil fazer esta escolha, por isso mesmo não vou fazê-la, não consigo. Vou antes citar alguns , dos quais gostei muito, naturalmente.

    “O Principezinho” de Saint Exupéry, ” O Gato malhado e a Andorinha Sinhá” de Jorge Amado, “A Menina do Mar” de Sophia, as Fábulas de La Fontaine, e num outro contexto, “A Invenção do Dia Claro” de Almada Negreiros (é um livro maravilhoso), ” Manhã Submersa” de Vergílio Ferreira, ” Madame Bovary” de Gustave Flaubert, “Livro do desassossego” de Bernardo Soares, “Poesia Completa” de Alexandre O’Neill, Sonetos de Camões, ” Perto do Coração Selvagem” de Clarice Lispector, ” Morreste-me” de José Luis Peixoto.

  • Reciclick disse:

    Silvana Bortoncello via causa Ler é Fundamental:

    Os Catadores de Conchas. E os infantis do Ilan Brenmann.

  • António disse:

    Os Maias – Eça de Queirós
    Midlemarch – George Eliot
    Guerra e paz – Leo Tolstoi

    Muitos mais haveria para incluir, mas estes seriam os que levaria para uma ilha deserta.

    Boas leituras

  • Carlos Maia disse:

    É uma responsabilidade muito grande indicar um livro apenas em meio a centenas que eu já li. Portanto tomo a liberdade de sugerir três:

    1 – A Bíblia
    2 – Terra dos Homens – Saint Exuperry
    3 – O Eu Profundo e os outros Eus – Fernando Pessoa

  • Isamara Cota disse:

    Minhas indicações são:
    Cem anos de solidão Gabriel Garcia Márquez
    O mundo de Sofia Jostein Garden
    Ensaio sobre a cegueira Jose Saramago

  • Vivian Fernandes disse:

    Impossível colocar só um livro favorito!
    Mas posso dizer alguns dos meus favoritos:
    A casa dos espíritos- Isabel Allende,
    Crime e Castigo- Fiodor Dostoievski,
    Histórias Extraordinárias- Edgar Alan Poe,
    Grandes Esperanças- Charles Dickens,
    A menina que roubava livros- Markus Zusak,

    Quero que meus filhos leiam:
    Meu pé de laranja lima- José Mauro de Vasconcelos,
    Pollyanna- Eleanor H. Porter,
    O pequeno Príncipe- Antoine de Saint-Exupéry

    Para formar um leitor indico:
    O espelho dos nomes- Marcos Bagno, um livro divertido e inteligente. Parece um jogo. Os jovens leitores vão gostar.

  • Maria Viana disse:

    Um livro que é uma referência para mim: Os Sonhos de Einstein de Alan Lightman.

  • Maria Viana disse:

    Um livro que é uma referência para mim: Os sonhos de Einstein, de Alan Lightman.

  • Reciclick disse:

    Eula Carvalho Pinheiro via causa Ler é Fundamental

    Recomendo a obra de José Saramago, muito especialmente os romances, crônicas, contos. Aí se encontram meus títulos preferidos, lidos e (re)lidos, sempre a encontrar o novo no processo da releitura. Ler e reler é um processo ininterrupto como a verdadeira viagem: o fim duma “é apenas o começo doutra” !

  • Reciclick disse:

    Mariana Aires via causa Ler é Fundamental

    Muitos e variados…. mas ” A Cabana do Pai Tomás” de Harriet Beecher Stowe , marcou a minha adolescência… Aconselho também ” A mãe” de Máximo Gorki…” Capitães de Areia” de Jorge Amado…. etc…

  • Reciclick disse:

    Paula Da Cunha Corrêa via causa Ler é Fundamental

    Como pré-adolescente, o que mais me marcou foi Narnia.

  • Reciclick disse:

    Maria Clara Pedroso Duarte via causa Ler é Fundamental

    A promessa, de Lesley Pearse. Fascinante.

  • Reciclick disse:

    Anabela Ribeiro via causa Ler é Fundamental

    Ao longo dos anos tenho tido muitos livros favoritos, seria quase impossível deixar aqui todos, mas cioncordo com alguns indicados acima por IUeda Tucherman, a saber Dom Quixote, Cem anos de Sollidão, O Vermelho e o Negro. Acrescento O Amor em tempos de Cólera de Gabriel G. Marquez, O Memorial do Convento, de Jose Saramago.

  • Reciclick disse:

    Ieda Tucherman via causa Ler é Fundamental

    Meus livros recomendados: Dom Quixote de Dom Miguel de Cervantes, Dom Casmurro de Machado de Assis; Cem anos de solidão de Gabriel Garcia Marques, O Vermelho e o Negro de Stendhal; Ficções de Jorge Luiz Borges; A Pastoral Americana de Philip Roth; O irmãos Karamazov de Dostoievski.

  • Reciclick disse:

    Nuno Tavares via causa Ler é Fundamental

    A não perder, de todo: “Novembro”, de Jaime Nogueira Pinto, Editora “A Esfera dos Livros”, 2012 (www.esferadoslivros.pt)

  • Maria Antonieta Filipe disse:

    São tantos :
    Os Maias,Meu pé de Laranja lima,Cem Anos de Solidão,O Monte dos Vendavais,Crime e Castigo,Orgulho e preconceito,O Prícipe com Orelhas de Burro,As vinhas da Ira,O Memorial do Convento,Dom Quixote de la Mancha,A Peste,O Despertar dos Mágicos, Fernão Capelo Gaivota.O principezinho,A casa dos Espíritos,A Oeste nada de Novo,As brumas de Avalon,Jane Eyre ,
    A tragédia da Rua das Flores,Cada homem é uma Raça e quase toda a poesia

    Para os filhos:

    Os contos de Anderssen,A Viagem Maravilhos de Nils Holgersson através da Suécia

    Para formar um leitor:

    Talvez O Principizinho,mas somos tão diferentes…

  • Reciclick disse:

    Ayla SantAna Da Silva via causa Ler é Fundamental

    Quando tinha 11 anos li “O meu pé de laranja lima” e o livro me marcou muito. Outro que li na escola e adorei foi “A ladeira da saudade”, historia que se passa em Minas Gerais.

  • José Rocha disse:

    Meu livro recomendado: Comunicação Não Violenta – Marshall Rosemberg

    As técnicas sugeridas neste livro aplicam-se a qualqueri tipo de comunicação: no trabalho, com amigos, com a família etc.
    Este livro mudou minha vida!

  • Fernando Ranito disse:

    1 -”José e os seus Irtmão,” de Thomas Maan, e A Obra Completa de Fernando Pessoa.
    2 – Os volumes que me faltam da Edição Crítica de Fernando Pessoa.
    3 – Para lá dos referidos em 1., as obras de Álavo Ribeiro, José Marinho, António Quadros e Agostinho da Silva, a “Montanha Mágica”, de Thomas Maan, todo o Eça e o Camilo, os cronistas dos séculos XIV, XV e XVI, todo o Vergílio Ferreira, a Fernanda Botelho e a Ester de Lemos.
    4 – Para formar um leitor e aprender a pensar e a falar, indicaria a obra o Álvaro Ribeiro.

  • Sara disse:

    Adoro ler e escolher quais os livros favoritos é dificil mas aqui vão alguns deles.
    Deixo-vos aqui alguns dos meus livros favoritos até ao momento. Tenho um grande carinho por todos eles.

    Pode ser que se interessem por ler algum deles…

    - “Tudo o que temos cá dentro” de Daniel Sampaio
    - “Timbuktu” de Paul Auster
    - “A irmandade do Sudário” de Julia Navarro
    - “Só o amor é real” de Brian Weiss
    - “Os pensadores” de Daniel J. Boorstin
    - “Os descobridores” de Daniel J. Boorstin
    - “O Santo Sudário” de Júlia Navarro
    - “O passado cura” de Brian Weiss
    - “O gato que ensinou a gaivota a voar” de Luís Sepulveda
    - “O cavaleiro da armadura enferrujada” de Robert Fisher
    - “O amor nos tempos de cólera” Gabriel Garcia Marques
    - “Notícias de um sequestro” de Gabriel Garcia Marques
    - “Muitos corpos, uma só alma” de Brian Weiss
    - “Muitas vidas, muitos mestres” de Brian Weiss
    - “Marley e eu” de John Grogan
    - “Este livros que vos deixo” de António Aleixo
    - “Cão como nós” de Manuel Alegre
    - “Crónica de uma morte anunciada” de Gabriel G. Marques
    - “Cem anos de solidão” Gabriel Garcia Marques
    - “Amados cães” de José Jorge Letria
    - “A riqueza e a pobreza das nações” de David S. Landes
    - “A divina sabedoria dos mestres” de Brian Weiss
    - “A Catedral do Mar” de Idelfonso Falcones
    - “A biblia de Barro” de Julia Navarro
    - “Um amigo chamado Henry” de Nuala Gardner
    - “Diz-me quem sou” de Julia Navarro
    - “A casa dos primatas” de Sara Gruen
    - “Os Portugueses” de Barry Hatton
    - “Jerusalém” de Gonçalo M. Tavares
    - “Livro” de José Luís Peixoto

  • Luis disse:

    São vários os livros que me marcaram. Passo a citar alguns:
    “Morte em Veneza”, de Thomas Mann; “Cândido ou optimismo” de Voltaire; “Ensaio sobre a cegueira” de José Saramago; “24 horas na vida de uma mulher e carta de uma desconhecida” de Stefan Sweig; “as Benevolentes” de Jonathan Littell; “ensaio sobre o ciúme de Tolstoi; ” as velas ardem até ao fim” de Sandor Marai; “Cidade e as Serras” de Eça de Quiróz; “crónicas de um pássaro de corda” de Haruki Murakami; “insustentável leveza do ser” de Milan Kundera

  • Thalyta disse:

    Meu livro recomendado, é a Senhora Do Jogo de Sidney Sheldon. Envolvente e fascinante!

  • OCELIA ARCANJO DA SILVA disse:

    LUA DAS FADAS
    A CULPA É DAS ESTRELAS
    BRIDA
    A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS
    MORRA POR MIM
    O ALQUIMISTA

  • ISABEL Négrier disse:

    Resposta nada fácil,pois apela a uma síntese de muitos anos.Na infância, os que mais despertaram a curiosidade foram histórias das Mil e uma Noites.
    General Dourakine,da condessa de Ségur.
    Algumas bandas desenhadas: Príncipe Valente
    Autores portugueses: Uma família Inglesa,Júlio Dinis; Os Maias,Eça de Queiroz,já para um leitor mais treinado;vários de António Lobo Antunes; resumo da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto.
    Brasileiros: Jorge Amado,vários.
    Categoria História: História Trágico-Marítima ,entre outros. Colecciono e estudo guias de viagens de diferentes países do mundo,penso que podem ser muito estimulantes em qualquer idade.

  • Márcia Monteiro disse:

    Tempo e o Vento. Erico Veríssimo MARAVILHOSO

  • Rebecca disse:

    Eu indico Lua das Fadas! Por ser uma história doce e ao mesmo tempo fantástica!
    Quero que meus filhos o leiam muitas vezes, pois ele nos ensina a ser fiel e companheiro em todos os momentos, até naqueles em que ninguém acredita em nós, e sempre com muita alegria e gargalhadas (rolam algumas lagrimas também)kkkkkkkk!
    Você entra em um mundo que deixa tudo “aqui fora” mais colorido, leve e vivo!
    Então fica a dica… Lua das Fadas, de Eddie Van Feu.

  • francisco pacheco disse:

    o meu livro favorito é o romance histórico “Angola 1970 chanas de liberdade” de Francisco do Ó Pacheco, uma edição PrimeBooks. Relata de uma forma vibrante aquele período da guerra colonial portuguesa, vivida nos dois lados da guerra: do fascismo e da resistência portuguesa e do movimento de libertação de Angola – MPLA.

  • Reciclick disse:

    Amair Campos via causa Ler é Fundamental

    Na minha infância, em um colégio interno, eram lidos livros durante 15 min. na hora das refeições. Seguia-se os capítulos como hoje seguem novelas. Na adolescência , minha irmã mais velha comprava coleções e eu as devorava. Françoise Sagan, A.J. Cronin. Depois inicia a leitura de autores brasileiros. Não consigo escolher um. Tenho especial admiração por Machado de Assis, por ser um grande contador de história! Leio sempre tudo o que posso! Não é um livro que faz um leitor, mas sim o livro adequado ao momento do leitor.

  • Reciclick disse:

    Gi Guimaraes via causa Ler é Fundamental

    “O meu pé de laranja lima” de José Mauro de Vasconcelos, marcou bastante a minha infância, um livro q recomendo a quem tem filhos pequenos.

  • Vera disse:

    É difícil referir alguns livros quando são tantos os que de facto gosto, mas aqui vão alguns: O Principezinho; Amor em tempo de guerra (Gabriel Garcia Marquez); Orgulho e Preconceito (Jane Austen); O sol também se levanta (Ernest Hemingway); Mulherzinhas (Louisa May Alcott); O Diário de Anne Frank; entre muitos outros.
    Para as crianças, adorei os livros de Monteiro Lobato, livros que “devorei” na minha infância.
    Um livro que a mim diz muito é “Pollyanna, a pequena órfã” e “Pollyanna Moça”, simplesmente maravilhoso.

  • Germano Lobo disse:

    A Hora do Lobo (wolf Totem) de Jiang Rong.
    Este livro é um alerta para a marcha da modernidade versus a tradição e a simbiose entre homem e natureza. Narrado nos confins da Mongólia tradicional, relata o aparecimento dos colonos chineses na área e sucessivo impacto na teia frágil de ligações no mundo da pastorícia, sendo que o Lobo é o animal admirado, odiado e respeitado…

  • Paula Simões disse:

    O diário de Anne Frank e O diário de Dorian Gray.
    Para crianças indico Maria vai com as outras de Sylvia Orthof um clássico infantil sempre atual.

  • Luciana disse:

    Lua das Fadas de Eddie Van Feu.

  • Paulo Luz disse:

    Lua das Fadas de Eddie Van Feu… e a série Harry Potter, claro, de J.K. Rowling.

  • Susana disse:

    Livro LUA DAS FADAS Da Eddie van feu

  • Reciclick disse:

    Branca Regina Fiadeiro via causa Ler é Fundamental

    Condessa de Ségur, Berthe Bernage, brigites e romanca de Isabel, etc. Depois Eca de Queiroz, Camilo, e tudo o que vinha a mão. Em seguida anos de leitura de poesia. Eugenio de Andrade, Manuel Bandeira…

  • Reciclick disse:

    Maria Madalena Lança via causa Ler é Fundamental

    No dia do meu 7º aniversário, recebi o “Coração” escrito por Edmundo D´Amicis. O livro marcou-me e fiquei fascinada por o autor o ter escrito com 1 ano a mais do que eu – 8 anos – Depois foi ” O Principe da Selva” de René Guillot. Fascinante. E com 9/10 anos descubro “O Livro ” As aventuras de Tom Sawyer” de Mark Twain que li, reli, li, reli até saber passagens de cor…o que abriu caminho para “devorar” toda a obra de Mark Twain publicada em Portugal. Depois , apaixonei-me pelas aventuras de Kit Hunter e do seu cavalo o Selvagem. Obra de Peter Grey. Alias o 1º livro (The Wild One) foi publicado no ano do meu nascimento 1959. Claro que tambem li os livros da Anita – belas imagens mas que a mim, mesmo com 6 anos, me pareciam livros demasiado infantis – e adorei ler os livros da Enid Bliton. Depois perdi-me de amores pelo “Meu Pé de Laranja Lima” o que me abriu as portas da literature brasileira e com 15 anos tinha como livro de cabeceira , para reler, de Jorge Amado, “Os Capitães da Areia”

  • Reciclick disse:

    Madalena Silva via causa Ler é Fundamental

    Tenho muitos livros que me marcaram, começando pelos livros “As gêmeas” de Enid Bliton, que adorei ler na minha infância/adolescência, e também gosto da escrita de Paulo Coelho e de Danielle Steel. Já li vários livros de ambos. O tipo de escrita não tem nada a ver. O Paulo será mais filosofo e a Danielle mais uma leitura descontraída.

    Para formar um leitor, falando por mim, acho que os livros da Anita são muito bons, quer pelo texto quer pelas imagens que também fazem sonhar.

  • gilnei disse:

    Livro predileto: Biblia Sagrada
    Segundo livro: Grande Sertão Veredas

  • Elenice disse:

    A obra que marcou a minha adolescência e juventude foi, sem dúvida, MACHADO DE ASSIS – li todos. Com ele aprendi a escrever e sempre fui a melhor aluna em português.
    Muitos outros também me marcaram, como o incrível “O Morro dos Ventos Uivantes” de Emmilly Bronthé e “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, além de ” A Cidadela” de J.A.
    Cronin…

    Elenice de Paula
    69 anos

  • gabriel felipe disse:

    meu livro favorito é luas das fadas-Eddie van Feu

    indicaria para meu filho ler lua das fadas

    lua das fadas é um livro ótimo para quem quer se iniciar na leitura,Eddie van Feu cria um mundo repleto de mistérios,aventura,fantasia,romance,e muita diversão.alem dele ter belíssimas ilustrações de como são alguns dos personagens,que da mais facilidade de você interpretar a história,ele tira seus pés do chão e te leva para conhecer um mundo novo,um mundo com mais cores muito extraordinário!!livro indicadíssimo!!

  • Juliana Maschio Dias disse:

    Vidas Secas de Graciliano Ramos e O Auto da Compadecida. Livros que li e me marcaram, pelo sentimento, simplicidade e pela mensagem de humildade.

  • Leticia disse:

    Lua das Fadas, da Eddie Van Feu ♥

  • Valiosos Amigos:
    Gostar mesmo só os meus.
    Um Professor Que Um Dia Roubou o Céu; Reflexões. Sim. Eu. Um Conhecedor de Mim e Crime Psicológico em mentes Perversas.
    Desculpem o egocentrismo. Mas, são meus.
    Com respeito e cordialmente por vós, admiráveis seres humanos de fascínio.

    António Pena Gil

  • Reciclick disse:

    Ana Magnelli via causa Ler é Fundamental

    Muitos livros me marcaram e são inesquecíveis: O Crime do Padre Amaro, O Pequeno Príncipe, Demian, Entre os Monges do Tibet, O Médico de Almas, O Visconde Partido ao Meio (todos Calvino são ótimos), Jorge Amado, são tantos. Mas, já é um bom começo.

  • Pedro Perez disse:

    O cavaleiro da Dinamarca – Sophia de Mello Breyner Andresen
    Cosmos – Carl Sagan
    Toda a obra de Julio Verne

  • Reciclick disse:

    Maria Maia via causa Ler é Fundametal

    Hoje o livro de que me lembrei em primeiro lugar foi Fiesta de Hemingway. Aquelas cores, aquele entusiasmo pela vida fazem falta hoje…

  • adriana riottini disse:

    Se o tema sao as crianças, insisto -ja tenho respondido e por algúm motivo nao foi registrado- mais do que um titulo prefiro recomendar um autor: Gianni Rodari.

  • Reciclick disse:

    José Augusto Nozes Pires via Ler é Fundamental

    Recomendo o “D. Quixote de la Mancha” e, para os mais novos, o “Pinóquio”. Um comove e critica, o outro ensina e protege.

  • Geny Pereira disse:

    Recomendo o livro “Sem Pecados na Culpa”, da escritora Ana Macedo. É uma magnífico romance, onde a autora nos leva a fazer uma viagem pelos meandros da mente humana.

    Para os adolescentes, recomendo “Lágrimas Coloridas”, também da escritora Ana Macedo. Um livro que prende o leitor do princípio ao fim. Este romance foca a importância da amizade e da entreajuda numa fase tão complicada como a adolescência… Uma história carregada de esperança, onde não falta o suspense…

  • Antonio Carlos Monteiro de Castro disse:

    livros preferidos: Grande Sertão:Veredas e, para começar na obra de Rosa, “Manuelzão e Miguilim”.
    Poeta: Augusto de Campos: Viva Vaia. Poesia 1949-1979
    outros: Graciliano Ramos: Romance: São Bernardo; Conto: a surra que ele levou (Chicote?)
    Encontro Marcado de Fernando Sabino.
    Para Criança e Adulto: O menino Quadradinho de Ziraldo.

  • Tatiana Campos disse:

    Lua das Fadas de Eddie Van Feu. É mágico!!!!!!! Quem lê nunca esquece.

  • Amanda Silva disse:

    Orgulho e Preconceito; Jane Eyre; Ana Karênina… <3

  • Renata Moura disse:

    “As mil e uma noites” é um livro muito singular, porque fala de uma cultura diferente, mas discorre sobre conflitos universais. Quando fui ler, no início pensei: O que Sherazade vai contar de tão curioso? Porém, quando comecei a ler, fui tomada de tanta vontade de saber o que ia acontecer, que li todos os livros. São aventuras maravilhosas, divertidas, ousadas… O corcunda recalcitrante é uma história que além de ser genial, tem essa palavra tão pouco usada no nosso dia a dia…

  • Patty Kirsche disse:

    O meu livro favorito é “A História de O” de Pauline Réage, não é livro pra criança… rs Acho que “Os meninos da rua Paulo” do Ferenc Molnár e “O apanhador no campo de centeio” de J.D.Salinger funcionam bem, mas são livros sobre meninos, e é legal que as meninas leiam livros com protagonistas femininas. Para as meninas, recomendo “Acordar ou morrer” da Stella Carr, “Açúcar Amargo” do Luiz Puntel e “Sozinha no Mundo” do Marcos Rey.

  • Maria João Barradas disse:

    Melhores Livros que li:
    Todos os livros para crianças de Sophia de Mello Breyner A.
    O Prícipe com Orelhas de Burro
    O Principezinho
    O meu pé de laranja lima, de José Mauro de Vasconcelos
    Coração, de Edmundo D´Amicis.
    Mulherzinhas (Louisa May Alcott)
    O Diário de Anne Frank
    Toda a obra de Julio Verne
    Moby Dick
    Orgulho e Preconceito (Jane Austen)
    O Monte dos Vendavais, Emily Brontë
    Jane Eyre
    Fernão Capelo Gaivota.
    As brumas de Avalon
    As palavras que nunca te direi
    Todos os livros policiais de Agatha Christie
    Crime e Castigo
    Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley
    As vinhas da Ira, de John Steinbeck
    Por quem os sinos dobram e o O sol também se levanta (Ernest Hemingway);
    A Peste
    Os Capitães da Areia, de Jorge Amado,
    Este livro que vos deixo de António Aleixo
    Balada da Praia dos cães, de José Cardoso Pires
    O Memorial do Convento,
    Dom Quixote de la Mancha,
    Jorge Amado, “Os Capitães da Areia”
    A casa dos Espíritos,
    A Oeste nada de Novo, de Erich Maria Remarque
    Cem anos de solidão” Gabriel Garcia Marques
    Amor em tempo de guerra (Gabriel Garcia Marquez);
    Os Maias, A tragédia da Rua das Flores, A cidade e as serras, de Eça de Queirós
    Cosmos – Carl Sagan
    O nome da Rosa
    A casa do pó, de Fernando Campos
    O gato que ensinou a gaivota a voar” e O velho que lia romances de amor,de Luís Sepulveda
    Todos o livros de Mia Couto e especialmente, Mar me quer
    A Catedral do Mar, de Idelfonso Falcones
    Todos os romances de Rosa Lobato Faria
    Cisnes Selvagens, de Jung Chang
    Todos os livros de Alçada Baptista
    A costa dos murmúrios e O cais das merendas, de Lidia Jorge
    Memória de Elefante ,Os Cus de Judas, e as Crónicas, de António Lobo Antunes
    Toda a poesia de Ary dos Santos
    A Mensagem, de Fernando Pessoa
    Equador, de Miguel Sousa Tavares

  • Cristina P.F. Pedro disse:

    O Elefante Cor de Rosa – Luisa Dacosta
    O Principezinho – A.S. Exupéry

  • Alexandra Santos disse:

    Qual o seu livro favorito?
    Não tenho um livro favorito. Já li tanto, mas houve alguns livros que me marcaram, pelo seu conteúdo, pela forma como me envolveram na sua trama e pelo quanto me fizeram abstrair da realidade que me rodeia. São alguns deles:
    - “O livro de safira” de Gilbert Sinoué;
    - “Ensaio sobre a cegueira” de José Saramago;
    - “Padeira de Aljubarrota” de Maria João Lopo de Carvalho;
    - “O último cabalista de Lisboa” de Richard Zimler
    - “Quando Lisboa tremeu” de Diogo Amaral;
    - “O último segredo” de José Rodrigues dos Santos;
    - “A catedral do mar” de Ildefonso Falcones;
    - “A sombra do vento” de Carlos Ruiz Zafón;
    - “O Código Da Vinci” de Dan Brown;
    - “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry;

    Que livro você gostaria que seu filho lesse?
    Não tenho filhos, mas se os tivesse, sem dúvida alguma, gostaria que lessem “O Principezinho” de Antoine de Saint-Exupéry, as Fábulas de La Fontaine e os Contos de Hans Christian Andersen, dos Irmãos Grimm e de Charles Perrault. Fazem parte do meu imaginário infantil e julgo que todas as crianças deveriam ler e fantasiar com estas estórias.

    Que obra você indicaria para formar um leitor?
    Um leitor forma-se desde que aprende a ler, pelo que recomendaria os livros que citei anteriormente para os filhos que não tenho. Depois, à medida que a personalidade se vai cimentando, cada leitor deverá escolher o(s) género(s) que mais lhe agrada(m) e com o(s) qual(is) se identifica.

  • Reciclick disse:

    Mariângela Cecci Guarani-Kaiowá via causa Ler é Fundamental

    Água Viva – Clarice Lispector; Sagarana- João Guimarães Rosa; Grande Sertão-Veredas – João Guimarães Rosa. Os recontos de estórias tradicionais: 14 pérolas da Índia, Ilan Brenman. Desses autores citados por mim, qualquer obra é recomendável.

  • Bruna Secco disse:

    Meus livros favoritos são “O Coração Azul de Luísa” e “Quem é Deus” de Patrícia Secco.

  • Luísa disse:

    Meus livros preferidos são “As Perguntas de Luísa” e “O Coração Azul de Luísa”, de Patrícia Secco, da Editora Melhoramentos.
    Também gostei muito de “O Menino Transparente”.
    Li para a escola, mas amei os livros!

  • Pessoa Domingos disse:

    Olá a todos,

    Tenho dificuldade em enunciar, porque gosto de livros – sinto-me sempre acompanhado por muito bons AMIGOS:

    Os livros de q mais gostei, foram:

    - Cem Anos de Solidão – G G Marquez
    - O Despertar dos Mágicos – J Bergier & L Powells
    - O Grande Gatsby – S Fitzgerald
    - Agulha em Palheiro – JD Salinguer
    - A Escola do Paraíso – S Fitzgerald
    - O Relógio Sem Ponteiros – C MacCullers
    - O Homem que Via Passar Combóios – G Simenon
    - Mães e Filhas – E Hunter
    - Á Beira do Abismo – Raymond Chandler
    - Capitães da Areia – J Amado
    - Gabriela, Cravo e Canela – J Amado
    - Corto Maltese – Hugo Pratt
    - Trópico de Cancer – H Miller
    - Mensagem – F Pessoa
    - No Reino da Dinamarca – Alexandre O´Neill
    - Conversa na Catedral – M V Llosa
    - Poesias de Deus e do Diabo – J Régio
    - O Ano da Morte de Ricardo Reis – J Saramago
    - Os Cus de Judas – A L Antunes
    - Léha e Outras Histórias – J R Miguéis
    - A Sangue Frio – T Capote
    - Os Insaciáveis – H Robbins
    - Os Irmãos Karamazov – L Tolstoy
    - Contos – Anton Tchekov
    - Os Maias – E de Queiroz
    - A Cidade e as Serras – E de Queiroz
    - Uma Família Inglesa – J Dinis
    - O Estrangeiro – A Camus
    - Watt – S Beckett
    - Amor de Perdição – C C Branco
    - Um Homem não Chora – L S Monteiro
    - Grande Sertão Veredas
    - The Timebomb – Gerald Seymour
    - Bilhar às Nove e Meia – H Boll
    - Bestiário – J Cortazar

    (tudo de Eça de Queiroz, Julio Cortazar, Guerra Junqueiro, Luis Francisco Veríssimo, Jorge Amado, Drumond de Andrade, Even Hunter, Georges Simmenon, Gore Vidal, Tolstoy, Fedor Dostoyesky, Gorky, Jonh Steinbeck, Júlio Cortazar, Allister MacLean e Gerald Seymour)

    Para crianças:
    - O princepezinho – A S Exupery
    - Fábulas – La Fontaine
    - O Meu Pé de Laranja Lima – Vasconcellos

    Para jovens:
    Tudo de Jack London, Julio Verne, Emílio Salgary, Enid Blyton, Odete de S. Maurice e Hugo Pratt.

    bjs & abçs

  • Reciclick disse:

    Ferdinand Adam via causa Ler é Fundamental

    Tudo mundo concorda! … antes de tudo, o mais importante é a SAÚDE ! qual o valor de qualquer projeto ou programa de vida se for interrompido pela doença? Então pra se precaver das ocorrências quase epidêmicas de diabetes, derrames, e principalmente canceres, todas consequentes da alimentação errada e terrivelmente contaminada por centenas de produtos químicos, o livro mais importante hoje pra garantir de sempre poder ler outros livros ! ” ANTICANCER” Prevenir e vencer corrigindo a sua alimentação, de “David Servan Schreiber, ” (Cientista pesquisador apavorado pela noticia de 6 meses de vida mesmo com a cirurgia do virulento câncer do cérebro ! Reagiu e só pela mudança dos hábitos alimentares , conseguiu escrever este livro…15 anos depois . Cada página vale ouro!

  • Martinho E. S. Mota disse:

    A Montanha Mágica de Thomas Mann.Porquê?-Porque é DIFÍCIL e BELO como a própria VIDA.Li-o nas montanhas,também elas mágicas, de TIMOR LESTE,há muitos anos.

  • Regina Cobianchi disse:

    Estou gostando muito do livro: A menina que roubava livros!

  • Danielle disse:

    Aconselho a leitura dos Livros – 1984 e a revolução dos bichos, ambos de George Orwell. São livros que nos ajudam a desenvolver o pensamento crítico.
    Para o público infanto-juvenil, indico os deliciosos: Alice no país das Maravilhas e Alice no outro lado do espelho de Lewis Carroll –> maravilhosa viagem ao mundo da fantasia.

  • Alcilene Dorini disse:

    Sou leitora compulsiva de autores russos, como Fiodor Dostoievski, um dos livros mais cativantes que li Crime e Castigo…

    Outro texto que é fundamental na formação de um leitor é Édipo Rei tragédia grega de Sófocles,

    Mas a leitura que mais marcou minha vida, e que eu gostaria muito que um jovem leitor lesse é:

    O CATADOR DE PENSAMENTOS de Monika Feth, onde um senhor todas as manhãs passa recolhendo os pensamentos das pessoas, depois os seleciona, cultiva os bons e os devolve no dia seguinte… É uma leitura, uma metáfora sobre a como pensamos a vida em todos os aspectos. Vale muito ler essa obra que destina tanto a crianças como adultos.

  • VALDIR DE MARCHI disse:

    Livro indicados: Bíblia Sagrada.
    Pequeno Príncipe
    Capitães da Areia

  • Clarice disse:

    Cem Anos de Solidão.
    Ninguém Escreve ao Coronel etc
    (todos do Gabriel Garcia Marques).
    Huxley, Dostoiévski, Kafka, Poe, Machado de Assis, Pessoa, Guimarães Rosa, Graciliano Ramos (São Bernardo), Thomas Mann,
    John Steinbeck,Camus etc etc etc

    Para crianças: Monteiro Lobato, Fábulas de La Fontaine,Esopo, Madame de Ségur.

    Para jovens:Julio Verne, Diario de Ane Frank, Carl Sagan etc

  • Pedro Ribeiro Simoes disse:

    Casa grande de Romarigaes Aquilimo Ribeiro
    Os Maias de Eça de Queiroz
    Os thibauld de Roger Martin du Gard
    Trilogia de John dos Passos
    Subterrâneos da Liberdade de Jorge Amado

  • Lilian Escobar. disse:

    Parabéns pela iniciativa. Sempre li bastante, desde menina. Vi a lista dos já indicados. Destaco A Muralha, de Dinah Silveira de Queirós. Me apaixonei pelo romance. Também sugiro O Velho e o Mar de Ernest Hemingway, um clássico. Tenho uma filha também apaixonada por livros, hoje com 13 anos. Ela tem lido e adorado os livros da Paula Pimenta, voltados para o público jovem. Abraço, Lilian Escobar

  • Virgínia Silva disse:

    Gosto de Mia Couto, Pepetela, Gabriel Garcia Marques, fernando namora, Maria Judite Carvalho, Urbano Tavares Rodrigues, Jorge Amado, Saramago, Mário Cláudio. Isabel Allende

    A Profecia Celestina mudou um pouco a minha vida.

  • Rui Amar disse:

    Morgan Scott Peck, “The Road Less Traveled”

  • cecilia bronzoni disse:

    Violetas na Janela Vera Lucia M de Carvalho
    Vidas Secas Graciliano Ramos
    O menino Maluquinho Ziraldo
    Fernão Capelo Gaivota Richard Bach

  • Carina Oliveira disse:

    O livro que eu recomendo é Siddharta escrito por Hermann Hesse, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 1946. O livro fala-nos sobre a busca pela plenitude espiritual, em que a mente humana se encontra absolutamente completa.

  • Reciclick disse:

    Maria Sampaio via causa Ler é Fundamental

    O meu livro preferido foi, até hoje, é: “Harum e o mar de Histórias” de Salman Rushdie.

  • Estimados Amigos:
    Definitivamente, os livros de Dan Brown e José Rodrigues Dos Santos.
    Há algo neles. Magia. Talento. Delícia. Pasmo. Suspense.
    Os meus também os leio às vezes.
    No maior respeito e estima.
    É grandiosa de sentimentos lindos e puros.
    Agradecido.

    António Pena Gil

  • Vanda Meneses Santos disse:

    ‘Memórias de Adriano’ , de Marguerite Yourcenar é um livro extraordinário que nos dá a medida do que é um grande escritor. Fica-se sem paciência para a chamada literatura light depois disso. Outro grande livro foi, para mim, ‘O Memorial do Convento’ de José Saramago.

  • custodia sousa disse:

    existem tantos livros que gostei e gosto de ler. lembro-me por Exemplo O Nome da Rosa; O Tempo das Catedrais; Como se Formou Portugal etc.

  • Frederico disse:

    Na medida que vamos crescendo, vão-nos marcando não um livro, mas vários livros, consoante a idade.
    Para uma fase do meu crescimento, aponto um livro ou conjunto de livros que me marcaram:

    “Fernão Capelo Gaivota” de Richard Bach. Mas, outros dele, também bastante interessantes, como “Não há longe nem distância”, “Um”… também os li.
    Boa leitura!

  • Maria Romão disse:

    Os meus livros favoritos são :
    “O regresso ” de Victória Hislop
    “O décimo terceiro conto ” de Diane Setterfield

  • Maria João Bigode disse:

    É difícil dizer o meu livro favorito, acho que não consigo eleger nenhum, mas um dos meus favoritos é o Evangelho Segundo Jesus Cristo, de José Saramago; um dos ensaios que mais me marcou foi “2 horas de lucidez, de Noam Chomsky, e há uma trilogia que adoro, trilogia de Sevenwaters, de Juliet Marillier, que marcou a minha adolescência e a qual ocasionalmente releio partes, e, por incrível que pareça, ainda não enjoei.

  • Nicia Ogawa disse:

    Ah! Como não lembrar de O Menino Maluquinho de Ziraldo?
    Fizeram parte de minha infancia também: Meu Pé de Laranja Lima; O Menino do Dedo Verde; A Vaca Voadora.

    Recentemente comprei para meu filho Chapeuzinho Amarelo de Chico Buarque, uma delícia!

    E para os maiores, um romance que devorei foi Os Catadores de Conchas de Rosamunde Pilcher.

    Li várias coisas também da divina clarice Lispector, e poesias de Carlos Drummond de Andrade.

    Tem também 80 anos de Poesia de Mário de Andrade.

    A Cidade Devolvida de Whisner Fraga

    Contos e crônicas de Moacyr Scliar

    Antologia Poética de Mario Benedetti

  • Guida Manuel disse:

    Boa tarde a todos e excelente Primavera. Tantos livros que na estante aguardam que os meus filhos cresçam e peguem neles… “Siddharta” de Hermann Hesse, “A Sombra do Vento” de Carlos Ruiz Zafón, “Segura-te ao Meu Peito em Chamas” ou a “Materna doçura” de Possidónio Cachapa, “A Profecia Celestina” de James Redfield… e muitos que já foram também aqui enunciados. Boas leituras.

  • Ana Maria de Andrade disse:

    Os últimos livros que li e indico são:

    Meu nome é Malika

    A Fórmula de Deus

    Catadores de Conchas

    Todo Mundo tem dúvida, Inclusive Você – Édison de Oliveira

  • Adélia Varela disse:

    Não consigo eleger nenhum livro como “o favorito”.

    Tenho vários que gostei bastante de ler:

    “cem anos de solidão” – Gabriel García Márquez
    “o principezinho” – Antoine de Saint-Exupéry
    “os filhos da droga” – Christiane Felscherinow

    Apesar que também gosto muito do escritor Daniel Silva, por exemplo “retrato de uma espia”.

  • Fátima Armas disse:

    Tenho muitos livros favoritos, sendo impossível destacar um de entre todos.
    Daqueles que li (ou reli) recentemente, quero destacar:
    - “Leite derramado”, de Chico Buarque

    - “Memórias de Adriano”, de Marguerite Yourcenar.

    - “Memórias de uma menina bem comportada”, de Simone de Beauvoir

  • Susana disse:

    Livros favoritos:

    - A Sombra do Vento – Carlos Ruiz Záfon
    - O Jogo do Anjo – Carlos Ruiz Záfon
    - O prisioneiro do Céu – Carlos Ruiz Záfon

    - Kafka à Beira Mar – Haruki Murakami
    - A Rapariga que Inventou um Sonho – Haruki Murakami

    - Papisa Joana – Donna W. Cross

  • Susana disse:

    (ainda)

    …com alguma magia…

    – Chocolate – Joanne Harris

    – As nove plantas do desejo – Margot Berwin

  • Sabina Santos disse:

    É dificil dizer qual o livro favorito, mas deixo aqui alguns em destaque: “A Sombra do Vento” de Ruiz Zafón, ” O Nome da Rosa” de Humberto Eco, ” O Problema de Espinosa ” de Irvin Yalom, entre tantos outros …alguns de Saramago, enfim tantos mais…

  • Sónia disse:

    Olá,
    O meu livro favorito é Pássaros Feridos,Colleen McCullough.
    Já li esse livro há quase 20 anos, e continuo a adorar a história.
    Com muito pouco a ver com a nossa realidade, foi um livro que me marcou.
    É inesquecível…

  • Fernanda disse:

    Há vários mas os meus favoritos são: Orgulho e Preconceito (Jane Austen), O amor nos tempos de cólera (Gabriel Garcia Marquez), Chocolate (Joanne Harris), A Casa dos espiritos (Isabel Allende), Como água para chocolate (Laura Esquível)

    Para um filho, A menina do mar da Sophia de Mello Breyner Andresen

  • Ana disse:

    Resposta difícil… poderia dizer qualquer um de José Luís Peixoto, Rita Ferro, Isabel Allende, Carlos Ruiz Zafon. Mas aquele me vem logo à ideia quando surge esta pergunta é “As mais belas coisas do mundo” de Valter Hugo Mãe. Merece ser lido e relido… por todas as idades!

  • Carlos Aglio disse:

    Um dos meus livros favoritos é Lavoura Arcaica de Raduan Nassar. É fascinante, muito profundo, emocionante e belo. Tem um capítulo que nos primeiros parágrafos fala do tempo que li inúmeras vezes em voz alta, porque é pura prosa poética. Possui cenas impactantes e fantásticas como a cena em que ele descreve o assassinato da Ana, pelo pai. O filme também é ótimo, mas me emocionei mais com o livro.

  • Paulo Amaral disse:

    Baseando-me na dedicatória proferida pelo autor no início do livro, foi para mim, na vastidão do espaço e na imensidade do tempo, uma suprema alegria imbuir-me do espírito de COSMOS, de Carl Sagan.

  • Reciclick disse:

    Maria Cristina Barioni via causa Ler é Fundamental

    Antigona de Sófocles. Maravilhoso!

  • Reciclick disse:

    Giezi Oliveira via causa Ler é Fundamental

    O apanhador no campo de centeio – J. D. Salinger

  • Reciclick disse:

    Gi Guimaraes via causa Ler é Fundamental

    Os meus livros favoritos são todos de Saramago, sou fascinada pela sua forma de escrever e as suas historias.

  • Reciclick disse:

    Karina Campos De Moraes via facebook

    Hum, gostei de tantos…agora to lendo Nossos Ossos de Marcelino Freire e to curtindo, rs. Bjos

  • Reciclick disse:

    Marcelo Porto via facebook

    Ficciones, J L Borges

  • Reciclick disse:

    Aline Rech via facebook

    Bom dia, tenho mais de um, rsrsrsr.

    Esquecer o Natal de John Grisham, O Milionário da Caverna de Doug Batchelor e Marilyn Tooker, O Diário de Anne Frank e Rei Arthur.

    Bj enorme.

  • Reciclick disse:

    Constanza Moya Bruzzone via facebook

    The Catcher in the Rye, JD Salinger

  • Reciclick disse:

    Patricia Schachtitz via facebook

    Equador, de Miguel Sousa Tavares. Maravilhoso!

  • Reciclick disse:

    Renata Rossetti Tortorello via facebook

    Eu amei a série sobre o Ramsés, todos os 5, de Christian Jacq.

    O filho da luz, O templo de milhões de anos, A batalha de Kadesh, A dama de Abu-Simbel, Sob a acácia do ocidente.

  • Reciclick disse:

    Elizangela I. Regallo Maria Maria via facebook

    O Fazedor de Velhos, de Rodrigo Lacerda. Muito bom!

  • Reciclick disse:

    Flávio Naves via facebook

    Dois: Sofá Estampado e Os Buddenbrook. Lígia Bojunga e Thomas Mann. Mas tenho muito mais… Abraços

  • Reciclick disse:

    Jeeh Pereira via facebook

    A Culpa é das Estrelas… Perfeito.
    De John Green

  • Reciclick disse:

    Paula V Castro via facebook

    A Catedral do Mar, A Mão de Fátima – ambos do Ildelfonso Falcones. Os do Ramsés Renata Rossetti Tortorello, são do Christian Jacq – muito bons também. saindo dos romances históricos: A Visita Cruel do Tempo – Jennifer Egan! Bjooooooooooooo

  • Reciclick disse:

    Luciana Fragetti Feierabend via facebook

    Caçadores de Pipa, o Leitor, a menina que roubava livros , Em Busca da cura….

  • Reciclick disse:

    Gladis Milioni via facebook

    Adorei A Lebre com Olhos de Ambar, muito tocante!
    De Edmund Waal.

  • Reciclick disse:

    Kathryn Collins via facebook

    As Brumas de Avalon, de Marion Zimmer Bradley.

    A Senhora da Magia
    A Grande Rainha
    O Gamo Rei
    O Prisioneiro da Árvore

  • Reciclick disse:

    Lucas Tebyriçá Engel via facebook

    1984 – George Orwell

  • Reciclick disse:

    Renata Augusto Amad via facebook

    Adorei a trilogia que conta a historia da Cleopatra da Margareth George adoro todos do Gabriel Garcia Marques.. Cem anos de solidão e Amor em tempos de cólera para mim são de cabeceira, leio e releio.. Os do Ken Follet da trilogia o século.. Mas para mim um livro que marcou minha vida de adolescente e para sempre me seguiu foi Pássaros feridos da Collen McCullogh.

  • Reciclick disse:

    Lia Lorch Lenci via facebook

    A Insustentável Leveza do Ser do Milan Kundera.

    Bjos

  • Reciclick disse:

    Sergio Merli via facebook

    O Velho e o Mar, do Hemingway. Recentemente, li novamente e continua uma maravilhosa história de superação.

  • Reciclick disse:

    Cristina Rappa via facebook

    Dom Casmurro, de Machado de Assis, e Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, que – claro! – também amei na adolescência. Bjs

  • Reciclick disse:

    Silvia Engel via facebook

    Os pilares da terra de Ken Follet

    O físico de Noah Gordon

  • Reciclick disse:

    Fabio Martins via facebook

    Gosto muito do livro do DeRose, Método DeRose, “Quando é Preciso Ser Forte”. Esse livro era tão legal que deixei de dormir para ler!

  • Reciclick disse:

    Lucimar De Paula Oliveira via facebook

    Os pilares da terra realmente é muito bom entre muitos outros, O perfume, O pequeno príncipe, Olga, A letra escarlate, Capitães na areia, 1968, Sidarta, Cisnes selvagens, ….. Não consigo dizer qual é o mais especial, cada um com sua especialidade e isso tem muito a ver com o momento em é lido.

  • Reciclick disse:

    Helena Balaguer Cruz via facebook

    No momento atual: Fronteiras da Inteligência, de Nilton Bonder.

  • Reciclick disse:

    Enéas Ferreira Jr via facebook

    O Barão de Mauá foi um deles, de Jorge Caldeira.

  • Reciclick disse:

    Maysa Moreira via facebook

    A culpa é das estrelas, Quem é vc Alaska?, a serie Instrumentos Mortais, legend, A marca de uma lágrima, Escrava de uma paixão, Suspiros de uma garota apaixonada, A marca de Atena, O mercador de Veneza, Conte-me seus sonhos, Cigana, Jogos Vorazes, A garota da capa vermelha, Divergente, 16 luas, Entre o agora e o nunca, Reiniciados…..esses sao alguns dos meus livros favoritos *-*

  • Reciclick disse:

    Dyogo Vinicius via facebook

    O fantasma escritor e as cartas misteriosas, de Patrícia Secco.
    Eu li e gostei.
    As perguntas de Luísa, li esse também gostei.

  • Reciclick disse:

    Aguinaldo Di Fiore Filho via facebook

    As perguntas de Luísa

  • Reciclick disse:

    Thiago Ciabattari Di Fiore via facebook

    O escafandro e a borboleta

  • Reciclick disse:

    Ruth Nór via facebook

    A Ilha de Aldous Huxley

  • Reciclick disse:

    Rosane Luz Buk via facebook

    Dom Casmurro, As Cinzas de Angela, A Chave do tamanho, O Memorial de Maria Moura, O Cemitério Maldito, Os Pilares da Terra.

  • Reciclick disse:

    Andrea Castelari Virgilio via facebook

    A menina que roubava livros..

  • Reciclick disse:

    Cecilia Amorim via facebook

    Olga, adorei…

  • Reciclick disse:

    Valquiria Villas Boas via facebook

    Eu não diria que é o meu livro favorito, mas eu amei o “Oráculo de Luna”.

  • Reciclick disse:

    Adriana Assad Gross via facebook

    A menina que roubava livros , Catadores de conchas, Adeus China,
    O rabino, Caçador de pipas, Cidade do sol, etc…

    Ahhhh…tb gostei do Codigo da Vinci

    Para crianças: O BGA, Narnia ,Os meninos da RuaPaulo, O Diário de Anne Frank, O menino do pijama listrado, O diário de um banana, As aventuras do capitão cueca, Desperaux.

  • Reciclick disse:

    Valeria Quaglio via facebook

    O Segredo do Anel e o Sari Vermelho! Simplesmente maravilhosos!!!

  • Reciclick disse:

    Kauê Riego via facebook

    Nate dá um show, Lincoln Pierce

  • Reciclick disse:

    Gelda Ribeiro Hoe via facebook

    Anjos e Demônios, Inferno, de Dan Brown, adoro mistério!

  • Reciclick disse:

    Yasmin Alves Rossini Rossini via facebook

    O maior tesouro da humanidade, de Patrícia Secco

  • Reciclick disse:

    Maria Helena Nolf via facebooks

    O amor nos tempos do colera.
    E para crianças, acabei de ler um com a minha filha que adorei. Chama-se “Oras, vírgulas” – ótimo!

  • Patricia disse:

    Sempre gostei de ler. Monteiro Lobato, Francisco Marins, Coleção Vagalume…

    Não posso esquecer de todos da série Asterix, o Gaulês, dos sensacionais, Goscinny e Uderzo.

    Meus filhos adoravam Roald Dahl (Matilda, a Fantástica Fábrica de Chocolate, James e o Pêssego Gigante, BGA, Convenção das Bruxas), Goscinny e Sempé (O Pequeno Nicolau) e claro, J K Rowling, a série Harry Potter.

  • Reciclick disse:

    Veronica Bilyk via facebook

    Por quem os sinos dobram – Ernest Hemingway

  • Alzira Simões disse:

    “O Menino que não gostava de Ler” da Susana Tamaro fez com que os meus sobrinhos começassem a ler!

    “O Perfume” de Patrick Süskind, para quem gosta de perfumes e quer saber mais como se conseguem chegar às essências é elucidativo apesar de levar ao extremo a procura pela tal Essência!

    Mas há mais, muitos mais, quem gosta de ler nunca consegue ter somente um eleito!

  • Reciclick disse:

    Natalina Martins via causa Ler é Fundamental

    O livro que eu li até hoje e de cada vez que o leio é sempre uma primeira vez,só tenho pena não haver tradução em português, eu já o tinha oferecido a muitas pessoas se chama LÁ VIE EST UNE QUESTION VITAL, é duma cientista americana,outro que também gostei muito é dum rapaz americano que nasceu privado dos membros superiores e inferiores o livro chama se VIDA SEM LIMITES, assim como outros.

  • Reciclick disse:

    Tina Alvarenga via facebook

    O físico, Noah Gordon

  • Luisa Rodrigues disse:

    Livros preferidos:
    O Messias – Boris Starling
    Os Pilares da Terra – Ken Follett

  • Reciclick disse:

    Leila Morgado Mar 25

    Um livro que li muitos anos atras e nunca me esqueci foi Pássaros Feridos, também gostei muito de Anjos e Demônios/ O caçador de pipas/ A Cabana/ O Alquimista…..

  • Esther disse:

    Ler é sempre muito bom, um livro que gostei muito foi:” O ano do pensamento mágico.” de Joan Didion, gosto muito de Clarice Lispector, portanto, não pode faltar, ” Paixão segundo GH “, lindo…” A menina que roubava livros”, Fernando Pessoa, Machado de Assis, lindos….

  • MPaula Pires disse:

    Ler é fundamental!
    Tenho várias sugestões, talvez porque me habituei a ler desde pequena e passei esse gosto para a minha filha.
    É claro que “O Princípezinho” é livro de referência, existem outros:
    - de Hermann Hesse: “Sidddhartha”, “O Jogo das Contas de Vidro”;
    - Jostein Gaarder: “O Mundo de Sofia” e “O Mistério do Jogo das Paciências”;
    - António Alçada Baptista: “O Riso de Deus”;
    - Paulo Coelho: “O Alquimista”, “Na Margem do Rio Piedra Sentei e Chorei”, e outros;
    - Richard Bach: todos;
    - Sveva Casati Modignani: “Baunilha e Chocolate”, “Qualquer Coisa de Bom”, outros;
    - José Rodrigues dos Santos: todos;
    - Miguel Sousa Tavares: “Não Te Deixarei Morrer, David Crockett”, outros;
    - Jorge Cabral dos Santos: “Encontrei o Princípezinho (Carta a Saint-Exupéry)”;
    E existem tantos outros que foram fundamentais na minha vida e que já aqui foram referidos.

  • Valeria Cabral disse:

    Um, em especial, é A VIAJEM DE TÉO de Catherine Clement.

  • Bia Amorim disse:

    Olá Patricia!
    Um dos livros que mais gosto e é apropriado para crianças de 6 a 1000 anos é Rosa Flor e a Moura Torta de Pedro Bandeira, Editora Moderna. Ouvi essa história quando era menina e jamais esqueci, só que as pessoas não a conheciam! Para minha alegria Pedro Bandeira a achou e a recontou e se tornou um livro lindo, que na minha família será perpetuada em por todas as gerações, bjs encantados
    “Bia Amorim”
    PS Amo Também “Léo e Albertina” da Brink Book

    • Reciclick disse:

      Obrigada por participar, Bia.
      Já conheci o Léo e a Albertina por seu intermédio, agora vou procurar a Rosa Flor, um dos poucos livros do Pedro Bandeira que ainda não li.
      Você é muto especial.
      beijo

  • Lília Carvalho disse:

    ei patrícia,

    estou até agora encantada com tua palestra no viva nesse sábado. dos bons encontros da vida.

    aqui minha colaboração com alguns dos meus queridinhos:

    _barão nas árvores, ítalo calvino
    _visconde partido ao meio, ítalo calvino
    _cavaleiro inexistente, ítalo calvino

    _o filho de mil homens, valter hugo mãe

    _o apanhador no campo de centeio, salinger

    e como vc e meu pai: sagarana, guimarães rosa

    bjsbjs e parabéns pelo lindo trabalho!

  • Isabel Fonseca disse:

    Antes de mais, quero louvar esta magnífica iniciativa.

    O meu livro preferido é “Cem Anos de Solidão”; já o reli várias vezes e fico sempre surpreendida pela forma como dou comigo a confundir a realidade com a ficcção: é pura magia!
    No entanto, existem muitos outros livros que adorei, como por exemplo:

    - Amor em Tempo de Cólera, O Outono do Patriarca, Ninguém
    Escreve ao Coronel e toda a obra de Gabriel Garcia
    Márquez. A sua biografia “Viver para Contá-la” é magnífica!
    - Memorial do Convento, O Ano da Morte de Ricardo Reis,
    Ensaio sobre a Cegueira, Levantados do Chão, Jangada de
    Pedra e toda a obra de José Saramago.
    - Enquanto Salazar Dormia, de Domingos Amaral.
    - Kafka à Beira Mar, de Murakami.
    - Em Nome da Rosa, de Umberto Eco.
    - O Filho de Mil Homens, de valter hugo mãe.
    - Fernão Capelo Gaivota, de Richard Bach.
    - Papillon
    - A Montanha Mágica, de Thomas Mann.
    - Memórias de Adriano, de Margueritte Yourcenar.
    - Equador, de Miguel Sousa Tavares.
    - O Velho e o Mar, Verdade ao Amanhecer, de Hemingway.
    - Os Linhos da Avó, de Rosa Lobato Faria.
    - Cosmos, de Sagan.
    - Os Miseráveis, de Tolstoi.
    - Os Capitães da Areia, de Jorge Amado.
    - Balada da Praia dos Cães, de José Cardoso Pires.
    - Toda a obra de Eça de Queiróz.
    - Todos os policiais de Agatha Christie.
    - Obras de outros autores como: Urbano Tavares Rodrigues,
    Mia Couto, Chico Buarque, Eugénio de Andrade, Agustina
    Bessa Luís, Lídia Jorge, Paul Auster, José Luís Peixoto,
    Maria Teresa Horta, Manuel Alegre, Natália Correia,
    Machado de Assis, Agostinho da Silva, Fernando Pessoa,
    Miguel Torga, Aquilino Ribeiro, Jorge Luís Borges, Vargas
    Llosa, Dostoievsky, David Mourão Ferreira e muitos outros
    de que me estou a esquecer…
    - Todos os livros de Sveva Casati Modignani e de Isabel
    Allende, que descrevem a mulher de forma única.
    - Para quem gosta de suspense, José Rodrigues dos Santos não
    fica atrás de Dan Brown.

    Para crianças muito pequenas, que é o caso dos meus 3 netos, aconselho que se iniciem no prazer de ouvir histórias inventadas pelos pais ou pelos avós, que envolvam animais ou crianças que vivam situações em que eles se revejam. Livros bem ilustrados e com histórias simples, também são recebidos com entusiasmo. Os 2 últimos downloads que a Patrícia Engel Secco disponibilizou, fizeram sucesso; muito obrigada!

    Para os pequenos que já sabem ler, sugiro as Fábulas de La Fontaine, os contos de Andersen e toda a coleção de “Os Cinco” da Enid Blyton, que me fizeram delirar quando era miúda! Era completamente fã daqueles 5 jovens e do seu cão Tim!

    Para os pré-adolescentes, aconselho “O Principezinho”, “O Meu Pé de Laranja Lima” e os livros da Sophia de Mello Breyner, porque são livros que já requerem outro nível de entendimento que os mais pequenitos ainda não possuem, e que transmitem princípios e valores indispensáveis para estas idades, ao mesmo tempo que os vão preparando para outras leituras mais adultas.

    Para formar um leitor, não escolheria nenhum título em particular porque penso que uma pessoa que não gosta ou que não tenha o hábito de ler, difícilmente vai ficar interessada num livro indicado por outra pessoa que não a conheça. Sugiro que comece por ler sobre assuntos que lhe despertem muito interesse, mesmo que sejam revistas ou jornais; o essencial é treinar o hábito de “perder” algum tempo com a leitura: hoje são 5 minutos, amanhã são 10 e no mês seguinte já poderão ser 30 ou 60; ao fim de algum tempo já estão mais preparadas para aceitar sugestões e já não vão achar que estão a desperdiçar tempo mas, antes pelo contrário, a libertarem o stress do dia a dia e a reservarem aquele momentinho tão necessário e precioso, só para elas!

    Boas leituras para todos. Foi um prazer participar!

  • Jorge disse:

    Com todo o gosto…

    “O Estrangeiro”, de Camus.
    Não porque tenha sido o livro mais marcante em termos de escrita ou de história. Antes por algo que poucos livros conseguem: fez-me saltar do sofá, e nunca mais largar a leitura, os livros e esse prazer. Aquela não-vida do protagonista consome-nos…
    Uma leitura profundamente desgastante, no sentido mais produtivo da palavra…

Deixe uma resposta para o Reciclick

Seja legal. Mantenha isso limpo. Fique no tópico. Sem spam.